quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Lição da Natureza (Crônica)


   O dia estava chuvoso. O céu estava carregado de nuvens escuras, elas davam àquele dia um charme todo especial. Os dias chuvosos costumavam me transmitir uma sensação nostálgica. O vaivém das nuvens no céu, a brisa leve que movimentava as folhas das árvores, o corre e corre das pessoas para chegar em casa antes da chuva. Todo um preparo para que a mãe natureza possa se manifestar livremente. Tudo me fascina, cada movimento, cor, cheiro, toque que são próprios de cada estação. Uma chuva fina teimava em cair.
 A amoreira majestosa como que em uma dança, bailava ao ritmo forte do vento. Eu considerava aquela árvore uma guerreira, pois havia nascido em meio aos pedregulhos no quintal. O solo não parecia propício, mas devagarzinho ela foi ganhando espaço e hoje é uma linda árvore que alcança a minha janela, lugar de onde eu a contemplo todos os dias. Em meio às folhas algo chamou a minha atenção. Na bifurcação de um galho tinha uma casa de abelhas. Ela havia sido construída em um dos galhos mais fortes. Parecia uma bola de capotão em meio às folhagens.  Os galhos se envergavam tamanha a força do vento. Várias abelhas estavam do lado de fora, a  zelar e proteger o ninho.  A líder da colmeia deveria estar bem protegida, afinal de contas ela era a rainha. Por fora um ambiente tão hostil e por dentro o aconchego total. O vento forte assobiava e açoitava cada vez mais a árvore e a casinha ia e vinha num vaivém constante. Temos muito a aprender com a natureza. Naquele momento era como se ela  estivesse a me dizer: “E aí  sua vida está construída em bases fortes? Aguentaria um  vendaval? “
Leila Bomfim
06/02/2013

2 comentários:

  1. Poxa que Lindo! Tudo muito Lindo! E que Orgulho sinto de poder conhecer alguém assim tão maravilhosa como vc Leila! Seu blog assim como vc está magnífico e Especial! Te Amo beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Wilma, você também é muito especial.
      Um beijo

      Excluir

Sua visita me deixa muito feliz!